11/10/2010

ET's


Quem inventou essa droga de despertador? E por que essa porcaria faz tanto barulho? O que faria uma pessoa inventar um objeto que seria odiado por toda a humanidade? Enfim, nada disso importa. Primeiro dia de aula depois do feriadão é sempre a mesma coisa. Perguntas idiotas das pessoas que você nem fala direito: Como foi seu feriado? Viajou muito? E as mesmas respostas ridículas: Não, só fiquei em casa mesmo. Professores mal  avisados continuam com aquelas piadinhas sem sal de todo dia. A sala de aula com o cheiro estranho continua barulhenta e desanimadora. A comida da cantina embrulha seu estômago como se mil borbotetas estivessem fazendo uma super festa lá dentro. Enfim, o sinal. Se não houvessem seres milagrosos e mágicos como aqueles, seu dia teria sido um desastre total. Sério, acho que eles vieram de um um outro lugar na galáxia. Um lugar onde os seres foram criados pra te fazer uma pessoa melhor, pra acabar com o tédio da segunda feira pavorosa, pra te fazer acreditar que é importante, pra te fazer se sentir amada, pra te fazer sentir feliz. Esses etezinhos chamados amigos são obras divinas criadas para estar do seu lado quando ninguém mais está. Foram feitos pra te apoiar e te ajudar a levantar depois de cada buraco negro que você cair. Ainda não conheci ninguém que não precisasse da ajuda desses seres extraterrestres. Por que será que ainda tem gente que não acredita em vida em outros planetas? Já não temos provas o suficiente?

Feriado.


Feriado. Casa. Livros. Computador.
Isso parece tão injusto. Essas palavras nem combinam. Seus amigos estão em mais uma daquelas viagens em família enquanto você fica em casa com os mesmos pensamentos e o disco arranhado de sempre. Aquelas responsabilidades idiotas que a vida insiste em dizer que você tem ficam ainda menos atrativas porém, cada vez mais necessárias. O peso das obrigações triplicaram, o som agudo da voz da sua cantora preferida agora doi aos ouvidos, mas você achava que isso nunca seria possível. Afinal, aquela garota era uma de suas únicas e principais inspirações. As coisas mudam e você nem percebe. Talvez por causa da velha história da adolescente dramática e bipolar que vive na TPM sem nada melhor pra fazer. Isso sempre foi um grande absurdo e uma grande verdade. Mas ninguém nunca descobriu a solução pra essas catástrofes ambulantes que eles chamam de jovens. Talvez porque o mundo viva melhor com eles. Talvez porque o verdadeiro motivo pra todo esse paradigma de Juventude = Problema seja pura inveja de adultos que nunca conseguiram deixar essa fase pra trás. Ou talvez isso seja só mais um dos desvaneios de uma adolescente que só queria saber falar as coisas que escreve.