08/10/2010

Orgulho e preconceito



-Tenho lutado em vão, não mais posso suportar. Esses meses passados tem sido um tormento. Vim à Rosings com o objetivo de vê-la, tinha que vê-la. Luto contra o meu bom senso, as expectativas de minha família, a inferioridade de seu berço, minha posição e essas circunstâncias. Mas estou disposto a colocá-las de lado e pedir que ponha um fim à minha agonia.

-Eu não compreendo…
-Eu a amo. Ardentemente. Dê-me a honra de aceitar minha mão



Orgulho e preconceito - Jane Austen

Ouvir.


Os meus sonhos se tornam mais complicados a medida em que eu vou ficando mais velha. Tudo parece tomar proporções maiores quando você passa dos quinze. Ultimamente tem sido cada vez mais fácil saber pra onde eu quero ir e onde eu quero chegar e cada vez mais difícil fazer com que os outros aceitem isso. Um futuro onde o aqui é muito distante parece ser complicado para essas pessoas. Será que existe uma palavra mágica para fazer tudo dar certo? Ou um túnel do tempo pra fazer esse tipo de momento passar mais rápido? Há momentos na vida em que uma decisão errada pode te fazer pagar caro depois e isso já me fez pensar bastante. Mas quando mandei minha cabeça ficar quieta o único som que eu pude ouvir foi meu coração falando pra fazer o que ele mandava.
Não posso fazer mais que obedecer.