19/05/2010

BlogBlogs.Com.Br

Quando bate a saudade,

eu pego as cartas, eu leio, eu releio.
Ah, como eu queria poder te abraçar!
Aquele aperto no coração aparece e você só consegue pensar naquela pessoa.
Essa é a mais sincera definição da palavra saudade.
Bem que aquela famosa frase nos alertava:
"Quem inventou a distância nunca conheceu a saudade."`
É uma sensação de vazio, sentimos que falta um pedaço de nós. E esse pedacinho não pode ser preenchido por mais nada além daquele abraço apertado.
É como se o seu coração fizzesse uma pergunta que só aquela pessoa pudesse responder!
Enquanto isso só nos resta esperar que o destino nos una novamente e conviver com essa tal de
Saudade...

- Alô, Sorte?


- E aí, onde você tá?! Tô te esperando faz tempo!
- Oi! Ah, foi mal! É que eu tive que visitar outras pessoas.
- Mas Sorte, eu tô precisando da sua ajuda, Urgente!!
- Não, não se preocupe eu mandei um amigo meu aí pra ajudar você!
- Quem? Esse tal de Azar?
- É, ele mesmo! Ele já chegou?
- Se ele chegou? Fala sério! Não só chegou como destruiu tudo! Acabou com aquele meu projeto! E agora, o que eu faço?
- É, esse meu amigo pode ser meio bagunceiro de vez em quando...Mas é só esperar que quando eu chegar vou resolver a situação.
- É, esse é o problema: Esperar! Quer saber? Não precisa mais vir não, tá? Vou chamar minha amiga Criatividade e a irmã dela a Ousadia. Essas sim, eu posso confiar! Beijinhos, té mais!