19/04/2010

O monstrinho verde

Era uma vez um monstrinho verde e, apesar de verde ser uma cor linda, se esse monstrinho fosse de outra cor, a história não seria tão impactante(?).

Enfim, voltando a narrativa... Esse monstrinho vivia no ombro de uma garotinha, que eu prefiro não citar o nome. E toda vez que essa menininha via uma amiguinha com o namorado, o monstrinho verde crescia. Até que um dia ele cresceu tanto que quebrou o ombro dela e ela foi parar na UTI.

-Levanta a mão quem sabe o nome desse monstrinho!
-Eu sei, eu sei!!

INVEJA!


Nossa, como tem gente invejosa nesse mundo, heim!
Até assusta! #úi! 
 E quando você percebe que aquela sua super amiga é a maior carregadora-de-monstrinho-verde do mundo?! Ninguém merece!
Mas é com essas e outras histórias que o livro de Contos de Bruxas Fadas que é a vida vai sendo escrito.


Ah! E uma dica pra nossa amiguinha aí da história: Inveja mata, viu?!
OPS! Acho que ela já sabe disso...


Até a próxima historinha de ninar!



O retorno!

Primeiramente eu gostaria de pedir desculpas aos seguidores do Chiclete de Brócolis por todo esse tempo que eu fiquei sem postar absolutamente nada !

Houve alguns imprevistos e probleminhas técnicos...
Mas não se desesperem... não pulem de um prédio de 100 andares!!
E podem ir marcando hora no dentista porque vocês vão ficar cheios de cáries por conta de tanto chicle de brócolis que vão mascar! Prometo atualizá-los de tudo que aconteceu durante a minha ausência, afinal de contas, os textos foram escritos só não foram postados, ok?!






A partir de hoje, declaro o chicledebrocolis.blogspot.com oficialmente





Ressuscitado!