30/11/2010

Primavera


Como se supera um grande amor? Sinceramente, depois daquele inverno, nada parecia ter mais uma resposta concreta. Mas depois de muitas caixas de lenços de papel, acabei descobrindo um novo mundo. O meu mundo. Eu sabia que não era tão simples assim, mas comer brigadeiro de panela era uma experiência tão mais doce, levando em conta o trocadilho. As flores pareciam cantar pra mim, não era mais tão doloroso sorrir. Aprendi que não gostava tanto assim de pipoca, que andar de bicicleta sozinha podia ser libertador, que, por incrível que pareça, eu era uma ótima pintora. Aprendi a me descobrir, aprendi a achar um tempo pra mim e usá-lo pra me sentir melhor, pra me sentir viva outra vez. Era gostoso respirar livremente, apreciar as cores daquela primavera e entender que a vida, embora muitas vezes complicada, pode ser simplificada com o passar do tempo. Tudo foi se concertando, ganhando seu espaço dentro de mim. Dar valor a mim mesma foi um dos grandes passos que eu dei pra superar aquela última estação, percebi que sem isso, nada valeria a pena. Foi ficando mais fácil.

Inverno


Tudo mudou tão de repente. A sinfonia que eu ouvia quando ele falava se transformou em uma banda de rock barulhenta. Nós não falávamos mais a mesma língua, nada fazia mais sentido. Aquelas cenas que protagonizamos na estação passada parecia uma montagem de um filme antigo, esquecido. O tempo acabou com aquela serenidade antes tão natural entre nós. Esse parecia o lar das esperanças desfeitas, assim como o outono passou, ele levou embora o que restou de um sentimento desgastado. O inverno chegou trazendo consigo uma avalanche de novos sentimentos. Nada era mais tão bonito, as folhas desapareceram em meio ao mar branco de neve que cobriu toda a memória de um amor que parecia intransponível. Um adeus, era só o que me parecia. Não havia mais sentido em continuar uma história que não teria seu felizes para sempre. Era tão óbvio, continuar seria uma grande erro e embora sofrêssemos, romper era a solução mais cabível àquela situação. Aquele seria o fim.

Outono


Parecia um sonho. Encontrar alguém assim, tão eu. Aqueles anos passados pareciam que não faziam mais sentido quando eu olhava a partir desse outono. Uma parte que faltava de mim se completara, ele preencheu todo o espaço de uma vida vazia, todos os pequenos pedaços de nós dois pareciam formar uma harmonia perfeita. Transformou minha vida em magia, fez brilhar sorrisos, palpitar corações, junto com as luzes daquela pequena cidade no interior que antes parecia tão monótona e agora era o melhor lugar do mundo. O barulho das folhas das árvores caindo era a melodia perfeita que se encaixava em meio a uma história tão linda que tinha começado numa estação tão desprovida de cor. Imaginávamos toda uma vida de amor, juntos. Imaginávamos também que nada poderia nos afetar, afinal, esse sentimento era inabalável. Todas as estações testemunhariam uma união feliz e mais cheia de amor que a vida inteira de muita gente. Seria infinito.

29/11/2010

Vida.


Viver sua própria vida deve ser difícil demais pra algumas pessoas. E se não podem viver as delas, também não te deixam viver a sua. Essa é uma realidade que temos que aprender a conviver por um certo tempo, mas que, eu realmente espero que seja pouco. Mas algumas doses de hipocrisia e cinismo são o bastante pra acabar de vez com uma felicidade que parece cada vez mais distante graças aos atos desse tipo de gente. Está na hora dessas pessoas aprenderem uma brincadeira nova. Chama-se 'Vida' e funciona mais ou menos assim: cada um cuida da sua e perde quem mecher com a do outro. Parece bem divertido.

24/11/2010

Pra você, cara conselheira.


A amizade é uma dos sentimentos mais complicados que existem. Como se já não bastassem os grandes pesadelos amorosos com os quais nós temos que lidar, ainda temos que arrumar uma brechinha de vida pra se dedicar a alguém, que por definição, é uma das mais importantes do mundo para você. As coisas ainda se tornam mais esquisitas quando essa amizade é colocada em prova. O simples fatos de haver opiniões divergentes com relação a um mesmo assunto pode arruinar de vez um sentimento que se julgava tão forte. E quando você se vê sozinha em um mar de cegueira sentimental, o que resta é começar a seguir seus próprios conselhos e ficar calada, esperando, simplesmente, que a outra pessoa comece a ver a vida como ela realmente é. Que ela abra os olhos para uma realidade tão nítida e perceba o que você, cara conselheira, simplesmente quer é ter sua opinião, só mais uma vez, levada em consideração.
Que se faça jus o seu título.

23/11/2010

Coiso

Navegando pela coisa, descobri um coiso muito coisado la no site de coisos, o tal do Youcoiso. Espero que coisem coisativamente.

22/11/2010

The Roommate

Que Leighton Meester, mais conhecida como Queen B., é nossa queridinha todo mundo concorda. E além de nos deixar maluquinhas da vida com sua personagem em Gossip Girl e sua carreira musical, ela também vem trabalhando em ótimos filmes ultimamnte. E o lançamento da vez se chama The Roommate.
Pra quem curte filmes de suspense é uma boa pedida. O thriller conta a história de Sara (Minka Kelly), uma garota que acaba de entrar na universidade e se depara com Rebecca (Leighton), sua colega de quarto. As duas acabam se tornando amigas, porém Sara só não imagina que sua colega de quarto acaba se tornando obcecada por ela, colocando sua vida em risco.
O filme dirigido por Christian E. Christiansen também conta com a participação de atores como Matt Lanter (lembra do primeiro OMG do QP?), Alyson Michalka (Hellcats) e Cam Gigandet (Crepúsculo). 
The Roommate tem estréia prevista para 4 de fevereiro nos EUA e só em 15 de abril por aqui. 
Haja paciência.

16/11/2010

Lembrei de tu, visse!


Oi pra você que sentiu falta do QP durante os últimos 5 dias. Sabe como é, viagem de formatura da escola pra Recife-PE rolou por esses dias e nada mais justo que atualizá-los com os detalhes dessa farra de fim de ano. Afinal de contas, passar mais de 12 horas sentada em uma poltrona com um monte de estudantes malucos e prontos pra explodir parece ser um máximo né não?! Haha.
Então vou contar pra vocês um pouco do que rolou nos principais lugares que a gente passou.


Nossa primeira parada oficial foi em Olinda. Essa cidade incrível e cheia de história me encantou profundamente. Parece que todo mundo lá respira arte. Fora os achados, né? Muita bugiganga bacana pra todo turista que se preze levar pra casa e artistas de rua que te deixam de queixo caído. Foi o caso de um carinha que pintava quadros perfeitos e com efeitos incríveis em cerâmica usando apenas o dedo e umas esponjinhas, isso mesmo, nada de pincel! E ainda aula de frevo no meio da praça, recital de poesia na rua, exposições de quadros modernistas pra quem quiser ver, feira da livros a céu aberto, igrejas e outras construções super preservadas... Enfim, um sonho.


No domingo foi a vez de visitar o parque de diversões mais famoso do estado: Mirabilândia. Pense num lugar massa. E por mais que não tenha dado tempo de ir em mais de dois brinquedos, a montanha russa acabou com minha noção de altura. Mas a melhor parte do dia, sem dúvida alguma, foi a Hora do Terror, onde vários atores se fantasiam de monstros assustadores e fazem um pequeno show de horrores no palco e um grande fora dele. É correria pra tudo quanto é lado, gente gritando e chorando de medo (Cof-Cof), enfim, muito legal e criativo. Ah, não se assustem, essa ferida no meu braço aí na última foto é só maquiagem, tá?!


 E no nosso último dia nesse paraíso fomos visitar a tão famosa praia de Porto de Galinhas. Eles levam essa coisa de galinha a sério demais lá. Tudo, exatamente tudo, tem a forma dessa ave. A praia é muito linda, o mar super azulzinho, as pessoas muito simpáticas, comida excelente e prepare o bolso porque é tanta coisa linda e artesanato interessante que você vai querer levar tudo pra casa.

Foi assim que encerramos nossa viagem pra Pernambuco, com mais quinze horas de viagem pela frente ficamos com uma imagem incrível na cabeça do lugar que nós vamos levar pra sempre no coração por ter sido um momento tão importante pra nós. Nossa última viagem como a turma do 3º ano do ensino médio. Obrigada a todos que participaram, foi muito bom passar todos esses dias com vocês.

Segredos


Quantas vezes você já respondeu que estava tudo bem, mesmo sem estar, para alguém que te faz aquela simples pergunta: Como vai? Será tão simples assim? Será que se fôssemos realmente sinceros em perguntas rotineiras, se é que podemos chamar assim, seríamos de certa forma mais honestos? Todos nós temos segredos, todos nós temos assuntos nos quais não dizem respeito à pessoas não tão próximas, ou até mesmo as mais chegadas. Não é desabafando toda uma situação infeliz em cima de alguém que você vai ter um pouco mais de paz. Regras implícitas de etiqueta parecem realmente necessárias nesse casos. Guardar pensamentos ou transformá-los em dissertações são duas coisas que fazem parte de uma rotina incansável de uma garota com uma caixinha de Pandora prestes a se abrir. Pensar bem antes de descarregar é uma ótima dica pra quem não está disposto a lidar com perguntas inconvenientes ou pretensiosas. Taí uma coisa que eu venho praticando ultimamente.

Realidade.


Todo aquele sentimentalismo me deixando enjoada e aquela vontade louca de jogar tudo pra cima e gritar umas baboseiras pra quem quiser ouvir vêm tomando conta de um coração não mais tão petrificado. Por que é tão difícil aceitar a realidade de um coração derretido? É difícil assumir que as coisas mudaram, que o que eu achava tão constrangedor hoje já faz um pouco mais de sentido. Mas cada vez que me imagino em uma situação como aquela onde troco os papeis e me vejo na pele da donzela indefesa as tais borboletas começam a bater asas no meu estômago. Daí fica mais fácil lembrar o porque do congelamento sentimental de anos e a prática de esconder a realidade se torna, mais uma vez, constante. Então o círculo vicioso se fecha e a realidade talvez seja consumida por ele e, provavelmente, nunca revelada.

Nem em forma de texto eu consigo fazê-la aparecer.

09/11/2010

Fashiolista

Eu tenho que confessar uma coisa. Eu estou viciada, maluca, psicótica por uma certo site. Não consigo passar um dia se quer sem dar uma passada por lá. Esse condenado chamado Fashiolista tá me deixando lelé da cuca. Mas também, pessoas viciadas em moda(como euzinha aqui) levam uma certa desvantagem em relação a esse tipo de coisa.


E você? Também ama passar horas olhando roupas lindas nas vitrines dos shoppings e fica imaginado como seria se elas estivessem no seu guarda-roupa?
Então que tal montar sua lista dos sonhos?
É isso que o Fashiolista nos proporciona, além de horas de masoquismo fashion, nós podemos "amar" os itens mais lindos e os objetos de desejo de qualquer mulher alucinada por roupas, sapatos, acessórios e tudo mais. Ou seja, todas elas.
É muito fácil, é só criar o seu perfil e sair "amando" tudo que vem pela frente só clicando nos coraçõezinhos dos itens, mais ou menos como no We♥It.


Outra coisa muito legal é que dá pra seguir e ser seguido por um monte de gente legal que nem no Twitter e ficar amigo de pessoas viciadas nesse site que nem você. o.O


Ok, então já que eu já compartilhei com vocês o meu vício nada secreto, tá na hora de vocês me dizerem o que acharam da dica e lembrem-se, se vocês se viciarem nem venham colocar a culpa pra cima de mim não eim?!

Adivinha quem passou?


Eeeeeeu. Lembra daquela prova de vestibular que eu andei comentando com vocês por aqui lá de São Paulo? E lembra também que eu disse que era um dos meus maiores sonhos ir estudar por lá? Pois é, imagina só a minha cara de felicidade quando eu vi MEU NOME na lista dos classificados? #morri 
E imagina mais ainda a minha cara quando eu vi o nome das minhas amigas/nenéns lá também?!
PARABÉNS Débora, Vanessa e Carine! Nós conseguimooooooos!
Ah, e muito, muito obrigada mesmo pelo apoio de vocês. Valeu mesmo.
Então UNASP-EC que se prepare... Aí vou eu.


02/11/2010


Deus.com - Dia 5

O final de uma semana tão linda não poderia ser menos do que especial, não é mesmo?! E foi o que aconteceu. Esse é o último vídeo da semana de oração Deus.com. Tenho certeza que essa mensagem tocou muito o coração de algumas pessoas e a palavra de Deus pôde ser divulgada através da nossa parceria QP + SOS. Foi muita luta pra editar os vídeos a tempo(né, Debi?) e divulgar essas mensagens. Mas com certeza nós obtemos resultado, afinal de contas, é tudo pra Deus e Ele nunca irá nos abandonar. Espero sinceramente que esse seja só o começo do seu encontro com o nosso Criador e que você também possa participar dessa corrente para proclamar o amor do Senhor Jesus por nós. 


Até a próxima!

#conectadocomdeus

A saga ENEM


Tensão, emoção, desespero, pressão. Isso tem resumido minhas últimas semanas. Tudo por causa dessa pequena maratona que eu vou enfrentar nesse fim de semana, mas conhecida como ENEM. E se você tá nessa onda de arrancar os cabelos de preocupação se liga em algumas dicas super bacanas que vão te ajudar a se sair melhor nas provas.

Antes da prova:
- Saiba respeitar seus limites. Se você acha que não se preparou o suficiente não adianta querer descontar tudo na última semana. E não precisa se desesperar, se não for dessa vez, ano que vem tem mais.
- Não abandone completamente o lazer. Estudar é importante sim, mas não viva só pra isso. Saia com seus amigos, se divirta, curta a presença das pessoas que você gosta.
- Alimente-se bem. Com toda essa rotina maluca de horas de estudos intermináveis é claro que é difícil conciliar uma boa alimentação. Mas não esqueça que um dos requisitos para manter o foco na hora da prova é estar de bem com a saúde.

No dia da prova:
- Procure checar o local em que você vai fazer a prova com antecedência. Se vai de ônibus, certifique-se qual linha chegará mais rápido. Lembre-se que atrasos não são tolerados nesse tipo de exame.
- Não esqueça de levar os materiais necessários que são: seu cartão de identificação que chegou pelo correio(caso não tenha chegado verifique seu local de prova no site do inep), seu RG, canetas pretas com embalagem transparente.
- Não será permitida a entrada de objetos como celular, ipods, calculadoras ou coisas do tipo. E, acredite se quiser, nem lápis e borracha poderá ser levado(vai entender...)
- Atente para o horário. A prova irá ser iniciada às 13 horas no horário oficial de Brasília. Se na sua cidade não está tendo horário de verão, lembre-se de ajustar o relógio. Ah, e os candidatos devem chegar aos seus respectivos locais de prova com 1 hora de antecedência.

Com a prova em mãos:
- Mantenha o foco. Não se distraia com os movimentos ao seu redor. Concentre-se o máximo possível. Não esqueça que qualquer atividade suspeita acarretará na sua eliminação.
- Comece com a matéria que você tem mais facilidade e não fique preso a uma questão que você não sabe. Pule-a e deixe para depois.
- Na hora da redação concentre-se no tema pedido e não fuja dele. Erros desse tipo são fatais. Atente para a pontuação, gramática e afins. Uma boa redação nem sempre contém palavras difíceis e expressões qualificadas. Menos é mais.

Depois desse teste físico e psicológico nada melhor que aliviar as tensões com uma boa noite de sono, né?!


E boa sorte! Pra todos nós.